Você está perdendo dinheiro com Renda Fixa?

A crise política deflagrada com o vazamento do conteúdo da delação dos irmãos Batista causou um tsunami não apenas em Brasília, o mercado financeiro também sofreu. As consequências mais visíveis foram a espetacular alta do dólar e a histórica queda do índice Bovespa.

Porém, somente os investidores mais antenados perceberam o que aconteceu com os títulos públicos federais naquele dia 18 de maio. Títulos públicos de renda fixa com quedas diárias maiores, bem maiores que as do índice Bovespa, um índice de ações. Isso mesmo! Título de renda fixa caindo até 23% em um único dia!

Título de renda fixa caindo até 23% em um único dia!

Já falamos em outros posts que títulos de renda fixa podem apresentar oscilações negativas. Casos como o da última semana são raros, mas podem acontecer. Investidores inexperientes ou que não tenham um objetivo bem definido para cada uma de suas aplicações podem acabar tomando uma decisão intempestiva e perder muito dinheiro.

Vejamos o caso dos títulos do Tesouro do tipo Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais, título adequado para quem busca uma geração de renda segura e corrigida pela inflação. O título com vencimento mais longo da série, o que vence em 2050, caiu, em um único dia, 13,51%. O título mais curto, que vence em 2026, caiu 6,45%.

Já o Tesouro IPCA+ com vencimento em 2045, aquele que não paga juros semestrais, mas corrige o capital do investidor até a data do vencimento pela taxa contratada, caiu, em um dia, assombrosos 23,21%. Uma perda e tanto para quem se desesperou e vendeu seus títulos.

Aquele investidor que compra estes títulos para segurá-los até o vencimento poderiam ter se aproveitado para comprar estes títulos a preços bem atrativos, garantindo uma taxa de retorno muito boa, próxima à IPCA mais 6% ao ano.

Chamou a atenção também a recuperação rápida destes mesmos títulos. Quem comprou os títulos no dia 18 de maio, no olho do furacão, teve retorno consideráveis em um período de poucos dias.

O Tesouro IPCA+ com juros semestrais subiu 6,87% entre 18 de maio, quinta-feira, e a abertura do mercado na terça-feira, dia 24 de maio. Já o Tesouro IPCA+ com vencimento em 2045 subiu 13,69%. Rentabilidade esta maior que a obtida em um ano de qualquer aplicação em título atrelado à SELIC.

Entre 18 e 24 de maio o Tesouro IPCA+ rendeu mais que um ano de títulos atrelados à SELIC.

Se você é um investidor muito conservador e não aguenta nenhum tipo de oscilação de curto prazo, talvez o título mais adequado para você seja o Tesouro Selic. Em meio à toda esta tempestade, o título nada sofreu e manteve sua toada de pequenas altas acompanhando a taxa Selic. Na tabela abaixo, você conseguirá ver como reagiram estes títulos à notícias bombásticas da última semana.

 

Título Vencimento Tamanho da queda em 1 dia (17/05 a 18/05) Alta de 18/05 a 24/05
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais

(NTN-B)

15/08/2026 -6,45% 3,40%
15/05/2035 -10,23% 5,34%
15/08/2050 -13,51% 6,87%
Tesouro IPCA+

(NTN-B PRINCIPAL)

15/08/2024 -6,70% 3,65%
15/05/2035 -15,60% 8,66%
15/05/2045 -23,21% 13,69%
Tesouro Selic

(LFT)

01/03/2023 0,0423% 0,227%

Quer entender mais como é o funcionamento dos Títulos Públicos?

Faça o download e nosso e-book pelo link abaixo:

 

0 comments on “Você está perdendo dinheiro com Renda Fixa?Add yours →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *