O que dietas têm a ver com planejamento financeiro?

Realizar um planejamento eficiente, em qualquer circunstância, seja para empresa, para um governo ou para um indivíduo, é de extrema importância. Evita que aconteçam erros, arrependimentos ou frustrações no momento da execução ou de colheita dos resultados.

Especialistas apontam que esta deve ser a fase na qual se fazem mais necessários: recursos, dedicação e, principalmente, tempo. Desta forma, serão alcançados mais facilmente os objetivos apontados na fase de planejamento.

Quando tocamos no assunto planejamento financeiro pessoal, especificamente, acredito que mais do que recursos, dedicação e tempo, o indivíduo que está planejando seu futuro financeiro deve adotar uma boa dose de paciência para que concretize seus sonhos.

Uma analogia que costumo fazer quando toco no assunto planejamento financeiro pessoal é o ato de reeducação alimentar, a famosa dieta.

Quando iniciamos um controle alimentar mais rígido e tomamos enfim a iniciativa de mudar nossos hábitos alimentares, os principais problemas ou queixas reportados pelas pessoas em geral são:

1) Falta de tempo para se planejar;

2) Não saber o melhor caminho ou método a seguir;

3) Muita demora para se alcançar os resultados desejados.

Voltando à minha analogia, estas três principais queixas sobre ato da reeducação alimentar são coincidentemente as mesmas queixas reportadas quando os indivíduos são desafiados a realizar um planejamento financeiro pessoal.

Portanto, o objetivo maior desse artigo é ajudar você a passar por esses três pontos de maior dificuldade e, mais do que iniciar um planejamento financeiro imediatamente, você possa assim como na reeducação alimentar, manter seu planejamento financeiro e que o mesmo modifique de vez sua vida.

1) Falta de tempo para se planejar

A falta de tempo para se planejar, ou até, mesmo a falta de tempo para começar a se planejar é um problema tão recorrente que já nos valeu um post nesse blog somente sobre essa dificuldade.

Das queixas para iniciar um planejamento financeiro, talvez essa seja uma das mais críticas pelo simples fato da falta de tempo de ser um forte impedimento para o indivíduo parar para refletir sobre o assunto e iniciar de fato um planejamento bem feito.

Costumo dizer que o indivíduo sem tempo para se planejar vive numa espécie de modo automático, vivendo um dia por vez, postergando decisões financeiras importantes, sem olhar muito a frente.

Se você se identificou com esse perfil mencionado, peço que não se apavore!

Para vencer definitivamente essa dificuldade recomendo novamente minhas três dicas apresentadas no post sobre o assunto: reconheça sua falta de tempo, utilize seu tempo com aquilo que você gosta e divida seus compromissos financeiros.

2) Não saber melhor caminho ou método a seguir

Nosso segundo obstáculo para iniciar um planejamento de sucesso diz respeito ao método a ser seguido durante o planejamento. Como leitor, escritor e profissional do assunto eu já te adianto que existem infinitos livros, textos, vídeos e conselhos sobre o tema, do mais radical ao mais gradual, enfim, métodos para se planejar financeiramente realmente não faltam.

No fim das contas, o que a princípio era uma solução acaba se tornando um problema dos grandes, pois, afinal, com tantas opções disponíveis, qual o melhor caminho a se seguir para um planejamento financeiro de sucesso?

Assim como em reeducações alimentares, um método eficaz de uma reeducação financeira bem feita exige acima de tudo: muito estudo e conhecimento do assunto, e, além disso, dá muito trabalho para se fazer. Em resumo, não é algo que deve ser formulado por aventureiros.

Assim como os nutricionistas e médicos estudam durantes anos para cuidar da sua alimentação e da sua saúde em geral, planejadores financeiros competentes estudam bastante para cuidar da melhor forma da sua saúde financeira.

Além do mais, assim como cada organismo possui especificidades em relação à adaptação a uma determinada dieta ou novo hábito alimentar, cada indivíduo possui um comportamento diferente no tocante a suas finanças do dia-a-dia.

Portanto, se você estiver na dúvida em qual abordagem metodológica seguir no cuidado da sua saúde financeira, uma dica que te dou é que você procure por um planejador financeiro da mesma maneira que você procura um nutricionista ou um médico. Aliás, fizemos um post muito bacana a respeito da importância desse profissional e sugiro que você dê uma olhada. 

3) Muita demora para se alcançar os resultados desejados

A palavra chave para conseguir superar nossa última dificuldade é PACIÊNCIA!

Voltando à nossa analogia principal, da mesma forma que dietas milagrosas, promessas de resultados de emagrecimentos mágicos e praticamente instantâneos costumam frustrar e sair mais caro que o planejado, um planejamento financeiro pessoal de resultado não funciona por meio de atalhos, jeitinho ou milagre.

Tendo essa dica em mente, sugiro que fuja de promessas de como: “fique rico do dia para noite com investimentos”, “resolva sua vida financeira imediatamente” ou “pare de trabalhar agora e viva de renda”. Dificilmente você vai passar por essas promessas malucas sem incorrer em riscos, dívidas ou prejuízos. Acredite em mim.

“A maneira mais rápida de se perder dinheiro rapidamente é tentando ficar rico rapidamente”

Da mesma maneira que dietas sérias demoram a ter os resultados visíveis no seu corpo, um planejamento financeiro coerente demora a ter resultados no seu bolso. Eu diria que no caso do planejamento financeiro a demora é até maior, pois, muitas vezes estamos planejando a compra de um imóvel, a faculdade de uma filha ou filho que acabou de nascer ou a sonhada aposentadoria. Estamos falando de resultados a serem alcançados em dez, vinte ou até trinta anos dependendo do contexto.

Por tanto, nunca é demais recomendar: PACIÊNCIA!

Espero que tenha aproveitado a leitura e não deixe de acompanhar nossos outros posts sobre esse assunto. Tenho certeza que eles funcionarão como motivadores e irão auxiliar você a quebrar essa inércia, esse modo automático e começar um planejamento financeiro de sucesso o quanto antes.

Para aprofundar os seus estudos, faça o download de nosso e-book clicando abaixo!

3 comments on “O que dietas têm a ver com planejamento financeiro?Add yours →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *