3 dicas para quem não tem tempo para investir

Costumo dizer que acima de qualquer bem material, o tempo é nosso bem mais escasso e consequentemente mais valioso.

Refletindo mais sobre esse assunto, percebemos que cada acontecimento de nossa vida parece consumir cada vez mais tempo. Conforme nossas rotinas profissionais vão se tornando mais exigentes, as tarefas mais complexas, mais e mais compromissos vão surgindo e à medida que temos filhos mais responsabilidades nos são conferidas. Enfim, a lista é imensa e a principal conclusão é que a vida nos demanda constantemente mais tempo e dedicação a determinadas atividades importantes.

Quando o assunto é nossa saúde financeira não parece ser muito diferente. Precisamos avaliar cuidadosamente nossas despesas e receitas, descobrir onde exatamente nosso patrimônio está alocado, entender quais tributos, taxas bancárias e impostos estão sendo pagos, quanto se está pagando atualmente de anuidade no cartão de crédito, ufa… Bastante coisa não é mesmo?

No fim do dia é muito comum sentirmos certa frustração, ou até mesmo aquele sentimento de desespero por não fazer ideia de como está nossa situação financeira hoje. Sem falar na agonia que podemos sentir ao imaginar como estará essa mesma situação no futuro, quando atingiremos a tão esperada aposentadoria.

Pois bem, o objetivo desse texto é mostrar você, leitor, que você pode sim organizar sua vida financeira e acabar de vez com sentimentos como frustração, desespero ou agonia quando o assunto for suas finanças pessoais de hoje e de amanhã baseando-se em três dicas fundamentais.  Vamos lá, respire fundo e me acompanhe.

Dica # 1: Reconheça sua falta de tempo

É natural muitas vezes nós aceitarmos compromissos, rotinas e afins acreditando realmente que podemos cumpri-los.

Aqui vai uma dica valiosa: aprenda a reconhecer seus limites. Dizer não pode fazer com que você não se sobrecarregue e não acabe se frustrando com aquele compromisso que não cumpriu ou aquele objetivo que não atingiu.

Se você realmente não possui tempo para cuidar da sua vida financeira, reconheça isso!

Pode até não parecer, mas isso é um passo importantíssimo para começar a se organizar financeiramente. Você não estará mais se iludindo, encare como o fim daquela promessa de dieta que sempre deixamos para começar na segunda-feira. Reconhecer o problema da falta de tempo vai te trazer mais tranquilidade. Acredite em mim!

Dica #2: Utilize seu tempo com aquilo que você gosta

Conforme eu disse na primeira linha do post, o tempo é um “bem” escasso, logo, devemos aproveitá-lo com aquilo que mais gostamos. Aquilo que mais nos dá prazer.

Se você tem como prioridade se dedicar à sua profissão, se dedicar à sua família, se dedicar às suas viagens, hobbies, o próprio negócio, etc, não hesite em utilizar todo seu tempo disponível nessas atividades. O tempo mais do que nunca é seu, logo, você deve se sentir livre para “gastá-lo” com aquilo que te traz mais felicidade.

Caso usar grande parte do seu precioso tempo para cuidar das suas finanças pessoais de forma segura, ótima e responsável, não seja sua prioridade ou não seja aquilo que te deixa mais feliz, não se culpe por isso!

Construir um orçamento saudável exige bastante tempo de quem quer que seja.  É normal não estarmos dispostos a gastar tanto tempo com esse assunto, fique tranquilo e siga até a última dica.

Dica #3: Divida seus compromissos e ganhe tempo

Por fim, uma vez reconhecido o problema da falta de tempo e reconhecidos quais são os compromissos e atividades que você prioriza, terceirize ou divida as atividades as quais você não tenha tempo para cumprir.

Se cuidar do seu patrimônio não é algo que você tenha tempo nem vontade de fazer, não perca tempo! Procure hoje mesmo um planejador financeiro pessoal. Esse profissional será peça fundamental no seu caminho pela busca constante de mais tempo livre.

Dividindo suas preocupações financeiras com um profissional qualificado e treinado para tal, você com certeza terá mais tempo para lidar com assuntos igualmente importantes que você goste mais ou tenha mais facilidade para lidar.

O planejador financeiro pessoal poderá ajuda-lo objetivamente a controlar seu orçamento, a manter você seguro na sua trajetória de acumulação patrimonial, a construir sua independência financeira de forma tranquila e a alcançar aqueles objetivos que exigem algum capital para serem realizados.

Em resumo, este profissional vai te prover aquele bem mais valioso que qualquer montante de dinheiro: tempo!

Faça uma Orientação Financeira Gratuita com um Planejador Financeiro Guide Life preenchendo o formulário abaixo e saiba mais detalhes de como ele pode ajudá-lo!


4 comments on “3 dicas para quem não tem tempo para investirAdd yours →

  1. Prezados,

    Desculpe mas nao gostei desta materia e achei um pouco tendenciosa, não que tenha problema em tentar vender o seu “peixe”, mas anuncira dicas de investimento sugerindo o serviço próprio soou como desmerecendo um pouco a visao critica de quem lê a materia.

    Att,
    leandro vieira

  2. Quem nao tem tempo ou não entende a fundo sobre o mundo das finanças, deveria contratar alguem capacitado. Simples assim!
    Nao que você deva se eximir do estudo financeiro, mas é bem interessante a ideia de contar com um bom profissonal.
    Não sou da área, pelo contrario, atuo na área da saúde, mas acredito plenamente na eficácia de um bom consultor financeiro.
    Como disse Robert Kiyosaki em Rich Dad: “pague bem seus corretores”.
    Bom, a meu ver, o tópico desse post não teria muito como fugir desse tema.
    Att
    Saulo Castro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *